Astrologia Vivencial | Astrologia para Despertar
Astrologia Vivencial - Blog

Sol nas Casas Astrológica – Parte IV

Adicionado: 24 março 2016

Sol nas Casa Astrológicas – Parte IV

Sol nas Casas X, XI e XII

Quem tem o Sol na casa X, nasceu entre 10 e 12:00 , justamente quando o Sol está à pino, bem no meio de céu, e é assim na vida da pessoa, o Sol dela esta no topo, que faz com que a sua realização pessoal se de através do seu brilho, no mundo. A casa X é a casa da carreira, da realização profissional, e é nessa área que quem tem o Sol na X precisa se realizar para se sentir pleno como indivíduo.
São pessoas que tem um forte espírito de liderançaa e que dificilmente se submetem a uma hierarquia, se dando melhor em profissões onde possam exercer mais autonomia e ter mais liberdade.

Já com o Sol na XI que é casa dos grupos, dos amigos, das pessoas com as quais nos conectamos por afinidade de ideias, aqui a realização pessoal se dá através disso, é no estar fazendo parte de um grupo, no estar dando uma contribuição social e coletiva que esse individuo se encontra e se realiza. Tem muita consciência do seu papel dentro da coletividade e quer deixar uma contribuição para as futuras gerações, aliás o seu olhar é sempre lá na frente, trazendo muitas vezes ideias e ideias que são muito à frente para a sua época.

O Sol na casa XII é uma das combinações que eu considero as mais paradoxal e mais desafiadora para o Sol que busca a diferenciação e a individualidade. Por que a casa XII é casa que na essência representa a experiência de dissolução das fronteiras do ego, da busca pela transcendência, da conexão com algo maior, que vai além do ego.
Quando o Sol está nesta casa a pessoa vai buscar este tipo de experiência por que é o que a realiza. No entanto, muitas vezes ela pode ter dificuldade no processo de cristalização e afirmação da própria individualidade, como se quisesse pular a etapa e já transcender direto. Negar a necessidade de se afirmar no mundo.

Mas essa afirmação da identidade precisa incluir e integrar algo do seu ser superior, é através dessa conexão que isso se dá por isso fica paradoxal mesmo e desafiador.